Países emergentes
Países desenvolvidos
Fundo Monetário Internacional
BRIC
G-20
Fale Conosco
Mapa do Site








Países desenvolvidos
 
chicagoPaíses mais avançados, tanto economicamente quanto politicamente, são denominados desenvolvidos ou Primeiro Mundo. Os critérios de classificação deles são dados segundo várias vertentes, entre elas o Produto Interno Bruto (PIB) per capita, o nível de industrialização, a situação econômica, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Essa questão gera debates entre os especialistas que, de certa forma, procuram conceituar melhor o título de desenvolvido, emergente ou subdesenvolvido.

O IDH se tornou critério de avaliação, uma vez que os países do chamado Primeiro Mundo possuem os índices elevados, como é o caso da Noruega, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos: o IDH supera os 0,9 na escala. Os noruegueses estão no topo, na tabela do Índice.

Existem alguns atributos que o Fundo Monetário Internacional (FMI) leva em conta. Por exemplo,  a FMI considera os Tigres Asiáticos (Hong Kong, Taiwan, Coreia do Sul e Cingapura) como nações desenvolvidas, bem como a Organização das Nações Unidas (ONU) considera a  União Aduaneira da África Austral (UAAA). África do Sul, Botsuana, Lesoto, Suzilândia e Namíbia compõem a UAAA. Outro país tomado como desenvolvido é Israel.

Porém, a ONU não define regras a respeito da classificação de países desenvolvidos, emergentes e subdesenvolvidos. Ela se baseia em estatísticas de mercado. Desse modo, existirão as localidades que apresentam maiores taxas de crescimento nessas áreas. Por esse motivo, são denominadas de regiões ou países desenvolvidos, subdesenvolvidos e emergentes.

Os localizados na área central da Ásia, de acordo com as Nações Unidas, não entram em nenhuma das classificações citadas acima. São eles: Cazaquistão, Uzbequistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Turcomenistão. A Mongólia também não está inserida nas classes. Esses países estão em outra categoria, a de países em transição. Contudo, eles são relacionados juntamente com os que rumam ao desenvolvimento.   

De acordo com a Teoria dos Mundos, o planeta é setorizado em diferentes classes, adotadas na Guerra Fria (1945 – 1989). O Primeiro Mundo representa os países desenvolvidos: ricos, com grande potencialidade na área industrial, a política estruturada e com elevado Índice de Desenvolvimento Humano. Noruega, Estados Unidos, Suécia, Japão, Alemanha, França, Itália, dentre outros.

O Segundo Mundo pertencia às nações exerciam a política econômica socialista: a União Soviética e a Coreia do Norte. Porém, esse termo não é usado mais. Seria utilizado para países emergentes, mas só valeria  para quem possuísse características de Primeiro Mundo e Terceiro, ao mesmo tempo - os integrantes do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), no caso, uma vez que seus indicadores caminham entre os dois mundos. São classificados como países emergentes os ricos e industrializados; porém, com problemas nas áreas sócio-econômicas.

Terceiro Mundo é composto pelos países que ficaram neutros na Guerra Fria. Eles não apoiaram nem o capitalismo dos Estados Unidos e, muito menos, o socialismo da União Soviética.  Os subdesenvolvidos: pobres, com baixo IDH e a política não é democrática. Afeganistão, Serra Leoa, Haiti. O Quarto Mundo são as nações totalmente desestruturadas, ainda buscam a independência. O Tibete e a Palestina, por exemplo.